Capa

Rally: brasileiros vencem etapa no Marrocos e sobem na classificação

Disputando o título mundial, Varela e Gugelmin começaram o dia em 5º e terminaram na vice-liderança

07.10.2019  |  514 visualizações

Em mais um dia de recuperação emocionante, a dupla Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin conquistou a vitória na etapa de hoje (07/10) do Rally do Marrocos, prova que encerra a Copa do Mundo de Rally Cross-Country 2019. Com o resultado, a dupla da equipe Monster Energy/Can-Am subiu do quinto para o segundo lugar na classificação geral da categoria T3 (UTVs), passando a maior adversária dos espanhóis Gerrard Farres Guell/Armand Monleon, que agora ocupam a liderança. Com problemas no sistema elétrico no início do rally, no sábado, os brasileiros começaram a competição obtendo um oitavo lugar. Em dois dias, eles ganharam sete posições.

Para ser campeões, Varela e Gugelmin precisam de apenas dois pontos. Seus maiores adversários, os russos Fedor Vorobyev/Kirill Shubin, precisam vencer o rally, mas nesta segunda-feira se posicionaram apenas em oitavo na classificação geral da prova. “A corrida de hoje foi diferente, mas novamente testou todo mundo ao limite”, conta Reinaldo Varela. “Recebemos o livro de bordo apenas cinco minutos antes da largada. Andamos bem, recuperamos posições e ganhamos no resultado geral do dia. A navegação foi difícil como sempre, mas não havia dunas grandes. Tivemos muito piso de pedra, que judia demais do carro, mas na maior parte o trajeto foi bastante rápido. De qualquer forma, não houve moleza pra ninguém, tivemos trechos travados e perigosos, que exigiram muita atenção da gente. No final, quando achamos que havíamos superado os maiores obstáculos, a especial passou por um trecho muito manhoso, de pequenas dunas – que eles chamam aqui de corcova de camelo. E com todo mundo cansado neste finalzinho, alguns se perderam na navegação. Mas estamos felizes, foi um dia de muita luta, e nós vencemos”, detalha o piloto da equipe Monster Energy/Can-Am.

O nível de atenção que o Rally do Marrocos vem exigindo chegou à sua maior intensidade nesta segunda-feira, segundo Gustavo Gugelmin. “Terminei a prova realmente exausto, mas conseguia falar”, conta ele. “A intensidade da navegação foi muito forte. A toda hora você tinha que ficar atento e dando orientação sobre como seria a pista à frente, direita, esquerda, direita, saltos, perigos etc... Mas superamos tudo e cruzamos a linha de chegada, que foi o mais importante. Estamos mais próximos do primeiro colocado na prova e também nos mantivemos firmes no nosso objetivo de sair daqui com o título mundial”, completa o navegador da equipe Monster Energy/Can-Am.

O penúltimo dia do Rally do Marrocos contará com um total de 412 quilômetros de especiais e 44 de deslocamentos.

  

Mais informações em:

www.facebook.com/varelarallyteam

Instagram: @varela_rally_team

 

  • Brasileiros subiram sete posições em três dias
    (Marian Chytka)

  • Vitória na etapa de hoje colocou Varela/Gugelmin na vice-liderança da prova
    (Marian Chytka)

Leia também...

08.10.2019

Rally: brasileiros assumem liderança no Marrocos e podem confirmar tricampeonato mundial

Com segundo lugar na etapa desta terça-feira, Varela e Gugelmin tomam a ponta da disputa no Norte da África

19.09.2019

Brasileiro de Baja: Bruno Varela defende liderança em SC

Vencedor da etapa mais recente do Campeonato tenta terceira vitória na competição

01.09.2019

Rally: com oitavo título no Sertões, bicampeão mundial elogia principal prova brasileira

"Atingiu nível internacional", avalia Reinaldo Varela, cuja família garantiu três dos quatro primeiros lugares entre os 53 UTVs

31.08.2019

Sertões: acaba neste domingo o maior rally do Brasil

Depois de mais de 4.300 km percorridos, duplas terão apenas 30 km para decidir os campões de 2019

Entre em contato